Skip to end of metadata
Go to start of metadata

ÍNDICE


O que é?

 O Linx DMS Mobile é uma solução desenvolvida para dispositivos móveis, o que envolve tablets e smartphones.

 Esta solução tem como objetivo o aprimoramento e inovação dos processos das concessionárias de veículos. É uma ferramenta robusta e pode ser utilizada pelos clientes da Linx que já possuem os pré-requisitos especificados neste manual, tópico <Pré-Requisitos>.

Como ele funciona?

 O Linx DMS Mobile é composto por duas partes básicas, o Serviço e a Aplicação.

  • Serviço: O serviço é um WebService que faz a interação do DMS existente com a aplicação do tablet. Ele faz as interações com os sistemas e com o banco de dados, assegurando que as informações e operações realizadas no tablet sejam consistentes;
  • Aplicação: A aplicação é a funcionalidade que é executada no tablet, onde acontece a interação do usuário.

 

Todas as funcionalidades que rodam na aplicação se comunicam com o serviço, que por sua vez, faz a devida comunicação com o DMS.



Instalação

 

A instalação, configuração e utilização segue o fluxo abaixo:

Pré-Requisitos 

 

Para utilizar o Linx DMS Mobile o cliente necessitará, obrigatoriamente:

  • Possuir o sistema DMS ;
  • Acesso com o usuário Administrador do Sistema;
  • Possuir uma rede Wi-fi;
  • O instalador do serviço, no Linx DMS
  • Possuir um tablet com os pré-requisitos mínimos:
  • Tamanho mínimo: 10 Polegadas;
  • Processador Octa Core de 1.6GHz;
  • 3GB de RAM;
  • Câmera de 8MP;
  • Versão do Sistema: Android 7.0+;
  • Um Servidor Windows (não compatível com Windows XP) com:
    • Servidor Web IIS (versão 5.1 ou superior) observando que:

 

      • Conexão com a rede onde estão instalados os produtos DMS Linx (banco de dados, aplicações, etc);

Instalação da Aplicação no Tablet

  

Para realizar a instalação da aplicação no tablet será preciso:

- Um tablet dentro das especificações fornecidas neste documento (consultar o tópico referente aos Pré-Requisitos);

- Um cabo para conectar o tablet em um computador;

- O arquivo LinxDMSMobile.apk;

 

Vale lembrar que a instalação da aplicação pode ser feita por meio de qualquer máquina, não necessariamente do servidor onde está instalado o serviço.

Conecte o tablet no computador. Acesse o dispositivo para exibir sua hierarquia de pastas. Caso não exista, crie uma pasta chamada “Linx DMS Mobile”.


Abra a pasta e coloque o arquivo “LinxDMSMobile.apk” dentro da pasta.

Agora não é mais preciso que o tablet esteja conectado no computador. No dispositivo, procure o aplicativo definido como “Config.” referente às configurações do mesmo. Uma sugestão é que o usuário clique o menu de “Aplicações” no canto superior direito, e a partir dele encontre a funcionalidade.

 

Acessando a aplicação de configurações, o lado esquerdo da mesma contém diversas opções, entre elas, escolha a opção “Aplicações”. No menu que exibir ao lado direito, procure a opção “Fontes Desconhecidas”. Deixe-a marcada para permitir a instalação do “LinxDMSMobile.apk”.


Caso não seja a primeira instalação da aplicação do Linx DMS Mobile, procure agora a opção “Gerenciar aplicações”. Encontre a aplicação Linx DMS Mobile, selecione a mesma e clique em “Desinstalar”, conforme ilustrado nas telas a seguir.


Agora é necessário um aplicativo para explorar as pastas do sistema. Se a aplicação estiver sendo salva no Samsung Galaxy Tab 10, procure o aplicativo denominado “Meus arquivos”. Se for da preferência do usuário, pode-se voltar ao menu de “Aplicações” no canto superior direito e buscar a aplicação por lá. Caso seja o Motorola XOOM, ou o usuário não deseja utilizar o “Meus arquivos”, entre no “Google Play” (loja de aplicativos do Android) e faça o download de um explorador de pastas. Recomendamos o aplicativo “Astro”.


Deste modo, a aplicação Linx DMS Mobile foi instalada com sucesso no tablet. Para acessá-la, basta procurá-la no menu de aplicações e pressionar sobre a mesma.

 

 

Configuração do Linx DMS para o Linx DMS Mobile

Linx DMS - Configuração

Gerenciador de Licenças Mobile - Linx

 

Para que o aplicativo possa funcionar corretamente, ele precisa estar cadastrado no serviço e possuir uma vaga disponível na licença liberada pela Linx. A licença é um cadastro que o cliente tem nos servidores da Linx para poder utilizar as funcionalidades. A liberação correta da licença dependerá do contrato do cliente com a Linx.

Para utilizar a licença e liberar um tablet para o uso, acesse novamente o programa “MobileLicenceCli.exe”, através do caminho em que foi instalado o Linx DMS, exemplo “C:\Inetpub\Services”. Ao abrir o programa, é preciso conectá-lo, faça isso pressionando o botão “Conectar” no canto superior esquerdo do programa.


O próximo passo é escolher a filial para qual se deseja cadastrar um dispositivo por meio do botão .

Neste momento, o usuário poderá cadastrar sua licença de duas formas: através de um código ou de um arquivo com extensão “*.linx” enviado juntamente com o pacote de implantação. Ambas serão abordadas a seguir.

Dá primeira forma, o usuário deverá clicar no botão. O programa pedirá que o usuário verifique se há uma conexão com a internet. Se ela existir, será pedido ao usuário um código gerado pela Linx e enviado no corpo do e-mail, para cadastrar a sua licença. Se o usuário inserir o código corretamente, o programa se comunicará com o servidor da Linx e cadastrará seu CNPJ. Dá segunda forma, o usuário terá recebido um arquivo “*.linx” da Linx. Então, basta clicar sobre o botão para importar os dados da licença.

Com isso serão exibidas para o usuário algumas informações sobre a licença, funcionalidades que ele tem acesso e os dispositivos já cadastrados.

Caso exista alguma vaga em aberto, para incluir um novo dispositivo basta clicar sobre o botão. Neste momento, é preciso preencher um campo chamado “Alias”, que nada mais é do que um apelido que o usuário vai dar para aquele aparelho cadastrado, para poder identificá-lo posteriormente. Depois que o “Alias” é preenchido, o programa gera um número chamado “PIN” com uma validade de 1 hora. Este número será inserido no tablet para o mesmo poder se comunicar com o Gerenciador de Licenças e cadastrá-lo com permissões na licença. Caso o usuário não utilizar o número PIN dentro do seu prazo de validade, ele não funcionará mais, e o processo terá que ser refeito.

Caso não exista nenhuma vaga em aberto, é preciso abrir uma. Para isso, basta clicar no botão e escolher um dispositivo para ser excluído. O botão atualiza a lista de dispositivos.

 

Com o número PIN em mãos, já é possível realizar a configuração do tablet.

Configuração

 

Antes de começar a utilizar a aplicação é preciso realizar algumas parametrizações e configurações, conforme orientado nos tópicos a seguir.

Permissão de Usuários

 

O tópico a seguir refere-se as parametrizações dos usuários que irão utilizar o sistema. Realize a parametrização de acordo com seu DMS.

 

Para que um usuário possa utilizar o Linx DMS Mobile, ele deve possuir um usuário cadastrado no DMS. Se o cliente for usuário do DMS Apollo/BRAVOS, as funcionalidades exibidas para o primeiro são referentes às permissões que ele tem nos programas do próprio Apollo/BRAVOS.

Ou seja, se um usuário tem permissão para acessar o menu do DMS Apollo/BRAVOS, quando ele entrar no Linx DMS Mobile, ele terá a permissão para utilizar a funcionalidade respectiva. Segue abaixo as funcionalidades e seus respectivos menus do DMS Apollo/BRAVOS:


Funcionalidades

Menus do DMS Apollo/BRAVOS

Ficha de Atendimento

> Apollo/BRAVOS > CRM > agenda vendedor

Consulta de Estoque

> Apollo/BRAVOS > Veículos > Consultas / Relatórios > Consulta Estoque Intermediário

Avaliação de Seminovos

> Apollo/BRAVOS > Veículos > Atendimento > Avaliação > Ficha de Avaliação

Relatório de Faturamento

> Apollo/BRAVOS > Consultas > Consulta Gerencial

Check-in de Oficina

> Apollo/BRAVOS > Oficina > Agendamento Oficina

Aprovação de Proposta

> Apollo/BRAVOS > Veículos > Atendimento > Aprovação Gerencial Propostas

Valorização de O.S.

> Apollo/BRAVOS > Oficina > Ordem de Serviço > Manutenção

Configuração do Tablet


Para configurar o tablet, primeiramente é necessário verificar se o mesmo tem acesso à rede Wi-fi do cliente. Se tudo estiver ok, basta encontrar o aplicativo do Linx DMS Mobile e executá-lo.

 É possível encontrar o aplicativo com o logo da Linx, através do menu de aplicações do tablet.

Versão de Demonstração 


A versão de demonstração é uma versão da aplicação que não faz nenhum tipo de comunicação com os serviços ou com o DMS. Ela tem o objetivo de ser apenas para fins de teste e, como o próprio nome diz, demonstração.

 

Logo na primeira tela, verifique se a aplicação não esta em sua versão de demonstração, ou seja, se o logo da Linx, bem no centro da tela, estiver com os dizeres <DEMO> em ambos os lados, conforme figura a seguir.

 

Caso esteja na versão de demonstração, é possível alterá-la acessando o menu de <Opções>, no canto superior direito, escolhendo a opção <Desativar modo Demo>.

Ajustando o IP e Porta

 

Para que a aplicação consiga se comunicar com o serviço é preciso que o usuário informe na mesma o endereço de IP e Porta do servidor onde foi instalado o serviço do Linx DMS Mobile. Para isso, acesse o menu de “Opções” no canto superior direito da aplicação e selecione a opção “Configurações”.

Assim como no menu de configurações do Android, esta tela contém diversas opções em seu lado esquerdo. Escolha a opção “Conexão de Rede”. Na tela exibida na parte direita, pressione sobre os campos IP e Porta (a instalação define como padrão a porta 80) e ajuste-os de acordo com o endereço do servidor onde foi instalado o serviço do Linx DMS Mobile, conforme tela a seguir. Vale lembrar aqui que estes valores só podem ser alterados se este menu for acessado através da tela de Login (antes  do login ser efetuado).

Cadastramento

 

Para que o tablet possa se comunicar corretamente com o serviço é preciso agora cadastrá-lo na licença da Linx. Acesse o menu de “Opções” e escolha a opção “Configurações” e então a opção “Sobre” na parte esquerda. Esta opção irá exibir as informações como a Versão e Data da versão da aplicação instalada, e um botão denominado “Cadastrar Dispositivo”.

Para cadastrar um dispositivo pressione sobre o botão “Cadastrar Dispositivo” e insira o número PIN gerado pelo programa Gerenciador de Licenças. Fazendo isso, a aplicação comunica-se com o Gerenciador de Licenças enviando o código PIN e seu número de série (único para cada dispositivo Android) para ser cadastrado na licença.

Configurações Avançadas

 

A opção de “Sincronização dos dados dos formulários” realiza uma limpeza dos dados que são armazenados no banco local do próprio tablet. O botão “Sincronizar” apaga o banco local do tablet possibilitando uma atualização forçada do mesmo, e só deve ser pressionado por um usuário autorizado.

Atualização dos Serviços

 

Periodicamente, são disponibilizadas novas funcionalidades na integração com os dispositivos móveis.

Sendo assim, a cada liberação, será disponibilizada uma nova versão do arquivo apk do programa.


Para atualizar, siga os seguintes passos:
1. Na estação servidora, abra a guia de serviços do Windows (Executar > services.msc)
2. Localize o "Serviço de Publicação na World Wide Web", conforme ilustração abaixo:


3. Clique em <Parar>, para interromper os serviços.
Observação: Se o servidor possuir outros serviços de publicações web rodando, como Apache, Tomcat ou o executável para checagem de licenças dos tablets, é preciso para-los também.


4. Faça o download do pacote de atualização do Linx DMS Mobile e Linx DMS (web)

  1. Para isso, acesse o DVI da Linx.
  2. Após o login, siga o seguinte caminho: Área de Arquivos Linx > Versão do Sistema – Versão APL > Linx DMS Mobile.
  3. Neste local você encontra a última versão do Linx DMS Mobile. Basta fazer o download do arquivo apk.
  4. Após, clicando aqui, acesse a página do Linx DMS (web) para fazer o download do pacote.

5. Ao concluir, os arquivos estarão atualizados e você poderá clicar em <Iniciar> para ativar o <Serviço de Publicação na World Wide Web>. Neste momento, você pode reiniciar os demais serviços que eventualmente você parou.


ATENÇÃO: É recomendável que a atualização seja realizada fora do horário de expediente, pois, ao desativar o IIS, outros serviços podem ser prejudicados.

Observação: Para descompactar utilize o programa 7zip ou WinRar. O programa Winzip não funcionará para este caso.



Write a comment…